quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Pelo 2º ano consecutivo, população de 13 cidades de MS encolhe, diz IBGE

Maior queda foi em Novo Horizonte do Sul, com 3,09%.
Em Taquarussu número de moradores está estagnado desde 2014. 

Anderson ViegasDo G1 MS
Pelo segundo ano consecutivo, a estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que em 13 cidades de Mato Grosso do Sul o número de habitantes está encolhendo.
Conforme o IBGE, o quadro de retração registrado na estimativa de 2015 se repetiu nos números de 2016, que foram divulgados nesta terça-feira (30), no Diário Oficial da União, para as cidades de:Bodoquena (de 7.898 habitantes para 7.859). Brasilândia (de 11.903 para 11.884), Camapuã (de 13.731 para 13.712), Fátima do Sul (de 19.220 para 19.200), Glória de Dourados (de 9.992 para 9.976), Guia Lopes da Laguna (de 10.136 para 10.063), Inocência (de 7.664 para 7.641), Jateí (de 4.038 para 4.031), Nioaque (de 14.233 para 14.162), Novo Horizonte do Sul (de 4.306 para 4.173), Pedro Gomes (de 7.794 para 7.738), Rio Negro (de 4.910 para 4.871) e Sete Quedas (de 10.832 para 10.811).
Percentualmente a maior redução no número de moradores entre essas 13 cidades do estado entre ano passado e este, conforme o instituto, ocorreu em Novo Horizonte do Sul. Com 133 habitantes a menos entre um ano e outro, a retração foi de 3,09%.
Além deste grupo, outra revelação dos dados do IBGE é que há três anos o número de pessoas que mora em Taquarussu permanece o mesmo. Desde 2014, a estimativa é que o município tenha 3.570 habitantes.
Nos outros 65 municípios sul-mato-grossense o instituto aponta que a quantidade de moradores aumentou. Em números totais, o maior crescimento foi registrado em Campo Grande. A capital do estado ganhou 10.360 moradores entre 2015 e 2016, passando de 853.622 para 863.982 habitantes, um incremento de 1,20%.
Já percentualmente, os maiores índices de incremento foram registrados por cidades do interior, polos da agropecuária. Em primeiro, Sidrolândia, com 3,15%, de 51.355 para 52.975 moradores, depois vem Chapadão do Sul, com 2,93%, de 22.620 para 23.284 e em terceiro aparece Nova Alvorada do Sul, com 2,85%, passando de uma população de 19.656 pessoas para 20.217.
Veja abaixo população estimada pelo IBGE em cada município de Mato Grosso do Sul:

Água Clara - 14.734
Alcinópolis - 5.114
Amambai - 38.030
Anastácio - 24.852
Anaurilândia - 8.885
Angélica - 10.304
Antônio João - 8.744
Aparecida do Taboado - 24.745
Aquidauana - 47.323
Aral Moreira - 11.586
Bandeirantes - 6.783
Bataguassu - 22.084
Batayporã - 11.228
Bela Vista - 24.223
Bodoquena - 7.859
Bonito - 21.267
Brasilândia - 11.884
Caarapó - 28.867
Camapuã - 13.712
Campo Grande - 863.982
Caracol - 5.906
Cassilândia - 21.685
Chapadão do Sul - 23.284
Corguinho - 5.622
Coronel Sapucaia - 14.916
Corumbá - 109.294
Costa Rica - 19.835
Coxim - 33.231
Deodápolis - 12.712
Dois Irmãos do Buriti - 11.049
Douradina - 5.775
Dourados - 215.486
Eldorado - 12.176
Fátima do Sul - 19.200
Figueirão - 3.020
Glória de Dourados - 9.976
Guia Lopes da Laguna - 10.063
Iguatemi - 15.738
Inocência - 7.641
Itaporã - 23.220
Itaquiraí - 20.401
Ivinhema - 22.975
Japorã - 8.702
Jaraguari - 6.940
Jardim - 25.617
Jateí - 4.031
Juti - 6.476
Ladário - 22.228
Laguna Carapã - 7.097
Maracaju - 44.042
Miranda - 27.316
Mundo Novo - 17.994
Naviraí - 52.367
Nioaque - 14.162
Nova Alvorada do Sul - 20.217
Nova Andradina - 51.764
Novo Horizonte do Sul - 4.173
Paraíso das Águas - 5.251
Paranaíba - 41.626
Paranhos - 13.674
Pedro Gomes - 7.738
Ponta Porã - 88.164
Porto Murtinho - 16.686
Ribas do Rio Pardo - 23.526
Rio Brilhante - 35.465
Rio Negro - 4.871
Rio Verde de Mato Grosso - 19.515
Rochedo - 5.300
Santa Rita do Pardo - 7.682
São Gabriel do Oeste - 25.443
Selvíria - 6.469
Sete Quedas - 10.811
Sidrolândia - 52.975
Sonora - 17.941
Tacuru - 11.160
Taquarussu - 3.570
Terenos - 20.387
Três Lagoas - 115.561
Vicentina - 6.034
Postado por Carlos PAIM

sábado, 14 de maio de 2016

Governador participa do “Dia D” da Caravana da Saúde em Campo Grande



Reinaldo Azambuja vai a 11ª edição da caravana neste sábado. (Foto: Alcides Neto)O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa neste sábado do “Dia D” da Caravana daSaúde em Campo Grande. Ele vai às 9h ao Centro de Convenções Albano Franco, onde acontece a 11ª edição do projeto do governo do Estado.
Além das consultas e cirurgias ,outros 46 serviços serão oferecidos neste sábado. Ao todo, a previsão é de 12 mil cirurgias oftalmológica, realizadas em carretas. O projeto fica na Capital até 29 de maio. 
No local, as pessoas têm acesso a exames, como IMC (Índice de Massa Corpórea), glicemia, papanicolau, HIV, pressão arterial, mamografia, ultrassonografia; consultas nas especialidades de dermatologia, odontologia, ortopedia, neurologia, cardiologia, otorrinolaringologia
Além de serviços como emissão de primeira via do RG, título de eleitor, cartão do SUS, casamento na Justiça Itinerante e doação de sangue. O centro de convenções fica na avenida Mato Grosso, 5017, Carandá Bosque.
A edição atende os municípios da microrregião de Saúde liderada por Campo Grande: Terenos, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Maracaju, Ribas do Rio Pardo, Jaraguari, Rochedo, Corguinho, Bandeirantes, Camapuã, São Gabriel do Oeste, Rio Negro, Paraíso das Águas, Figueirão, Chapadão do Sul e Costa Rica. 
CampoGrandeNews
Postado por: Ygor I. Mendes

sábado, 7 de maio de 2016

Anastácio registra recorde de maior saco de farinha do mundo



Aipim, macaxeira ou mandioca. Ela é um dos símbolos da cultura brasileira. Apreciada em todo país, é no nordeste que ela reina em absoluto. Em Mato Grosso do Sul, na cidade de Anastácio, a produção de farinha de mandioca segue as tradições nordestinas. E é lá que está sendo produzido o maior saco de farinha do mundo. O saco foi registrado no Guinness World Records, o famoso livro de recordes mundiais, e será analisado para publicação.

Com três metros de altura, o saco gigante, será uma das atrações da Festa da Farinha, que acontece nos dias 1 e 2 de maio, em Anastácio. “A Festa é uma forma de homenagear nossas raízes nordestinas. A idéia de registrar o maior saco de farinha no Guinness World Records é também um reconhecimento da contribuição que esse povo nos traz na economia e na cultura”, afirma o prefeito da cidade, Cláudio Valério Silva.

Até agora, apenas 30 recordes brasileiros foram publicados no livro. O maior saco de farinha terá todo processo de produção registrado e encaminhado para Londres, onde será feita a análise para publicação do recorde. “A equipe do GWR manifestou interesse. Uma das exigências seria de bater em 10 vezes o tamanho original do saco de farinha de mandioca”, explica Diana Baptista, representante do Guinness no Brasil. De acordo com o prefeito, isso não será problema. “Vamos fazer ainda maior. São mais de três toneladas de do produto”, comemora.

4ª Festa da Farinha

Shows, poesia de cordel, teatro de rua e pratos típicos vão fazer de Anastácio, um pedacinho do nordeste brasileiro. A 4ª Festa da Farinha terá abertura no dia primeiro de maio. No dia 2, a grande atração será o show com Elba Ramalho.

Nas barracas, comidas típicas a base de farinha artesanal: tapioca, paçoca de carne seca, bolo e buchada de bode, além da exótica bebida “viagra de mandioca”. Em Anastácio, a farinha é produzida há 77 anos pela Colônia Nordestina do Pulador.

DouradoNews

Postado por: Ygor I. Mendes

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Governo prevê 72,8 mil procedimentos em pacientes da Capital e mais 16 cidades

Ações do projeto começaram ontem com exames de colonoscopia no HR


Paciente após colonoscopia realizada ontem, no Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio)Paciente após colonoscopia realizada ontem, no Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio)
Após o início da primeira ação em parceria com a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva com 150 colonoscopias entre ontem (3) e hoje (4), o governo do Estado prevê realizar 72,8 mil procedimentos médicos na Caravana da Saúdeem Campo Grande e outras 16 cidades da região. As consultas do programa estão marcadas para começarem no dia 10 deste mês e a partir do dia 14 começam as cirurgias, que serão realizadas no complexo montado no Centro de Convenções Albano Franco.
Conforme o governo do Estado, além da Capital, os municípios de Jaraguari, Terenos, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Bandeirantes, Rochedo, Corguinho, Maracaju, Rio Negro, São Gabriel do Oeste, Camapuã, Paraíso das Águas, Figueirão, Costa Rica e Chapadão do Sul também serão contemplados com a passagem da Caravana.
Por conta da grande demanda da região, a Caravana da Capital não terá apenas um Dia D. Os três últimos finais de semana do mês de maio serão os dias de mobilização geral dos atendimentos nas 11 especialidades previstas.
De acordo com a coordenação da Caravana, dos 72,8 mil procedimentos médicos, estão previstos para essa etapa do programa 35 mil consultas e 12 mil cirurgias oftalmológicas, que é considerada pelo governo do Estado uma das principais demandas da população de Mato Grosso do Sul. O restante são consultas de diversas especialidades e cirurgias eletivas. Todos os serviços que compõem os trabalhos da Caravana da Saúde integram a rede SUS (Sistema Único de Saúde) e tem como objetivo reduzir a fila de espera de algumas especialidades em que pacientes aguardam há anos por uma consulta ou cirurgia.

Campo Grande News
Postado por: Ygor Mendes Iavdosciac

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Bom Dia MS

Vídeos do Bom Dia MS com notícias do Mato Grosso do Sul ...

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Umidade do ar pode chegar a 20% em 73 municípios de MS na quarta-feira

As cidades correm risco de entraram em situação de perigo.Quarta-feira será ensolarada e com temperaturas elevadas.

 
 
Divulgação Divulgação
g1/ms
A umidade relativa do ar em Mato Grosso do Sul pode chegar a 20% em 73 municípios na quarta-feira (29). Segundo o Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS), a situação é considerada como “perigo potencial” e oferece um leve risco à saúde.
Ao todo, 73 de 79 municípios do estado registrarão baixa umidade relativa do ar. Apenas Figueirão, Japorã, Ladário, Mundo Novo, Paraíso das Águas e Sete Quedas ficarão fora da zona de perigo.
De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é que a terça-feira seja ensolarada e com temperaturas elevadas. Os termômetros no estado podem variar entre 15°C e 35°C.
O Inmet informou ainda que o tempo firme e os ventos menos intensos, favorecem a formação de névoa seca e, consequentemente, uma maior concentração de poluentes.
Em Campo Grande, a mínima será de 20°C e máxima de 31°C. Em Dourados, região sudoeste do estado, as temperaturas ficam entre 15°C e 30°C. E em Terenos, centro-norte, o termômetro chega a 35°C, enquanto a mínima será de 16°C.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Vídeo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade divulgado pela Parceria: Fundação Portal do Pantanal - Painel do Paim


O Instituto

altO Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial. Criado dia 28 de agosto de 2007, pela Lei 11.516, o ICMBio é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).
Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União.
Cabe a ele ainda fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das Unidades de Conservação federais.
Saiba o que o Instituto Chico Mendes tem feito para preservar nosso patrimônio natural, assista NOSSO VIDEO.

Acesse o Vídeo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade >

 https://www.youtube.com/watch?v=SEFwGcJYbbg